- atualizado em

Bryan Colangelo deixa o Philadelphia 76ers após escândalo das contas no twitter

Philadelphia 76ers e Bryan Colangelo definem pela saída do Gerente Geral após investigação sobre as contas do twitter atribuídas a mulher do cartola

Bryan Colangelo deixa o Philadelphia 76ers após escândalo das contas no twitter
Bryan Colangelo foi o responsável pela seleção de Markelle Fultz pelos Sixers (Foto: Matt Slocum-AP Photo)

Na véspera do começo das Finais da NBA em 2018 a liga se deparou com um escândalo envolvendo o Philadelphia 76ers. O portal "The Ringer" fez uma denúncia envolvendo o Gerente Geral da franquia Bryan Colangelo.

Segundo apurado, Colangelo possuía contas "secretas" no twitter, com as quais criticava jogadores e dirigentes, além de "vazar" informações secretas dos Sixers.

A franquia de Philadelphia passou a investigar o caso, que repercutiu em toda a liga, e agora, logo antes do Jogo 4 das Finais, houve o anúncio da saída de Colangelo.

"Nossa investigação revelou com provas substanciais que o sr. Colangelo era a fonte de informações sigilosas, relacionadas ao clube e que não deveriam ser públicas ou divulgadas no Twitter. Acreditamos que o sr. Colangelo agiu de forma inconsequente e falhou em dividir essas informações com indivíduos de fora da organização dos 76ers", declarou o relatório da investigação.

Colangelo já havia admitido ser o proprietário de uma conta que não fazia postagens, mas apenas seguia diversos perfis. Agora ficou comprovado que as outras contas citadas pelo The Ringer eram de sua esposa Barbara Bottini.

Após o anúncio dos Sixers, o cartola também se manifestou:

"Suas ações (Barbara) foram uma tentativa errada de me defender e me apoiar publicamente. Eu reconheço que elas foram inapropriadas, mas ela agiu de forma independente, sem meu conhecimento ou permissão. O conteúdo do que ela publicou e compartilhou era cheio de conjecturas e não representa minha visão ou opiniões. Mesmo que tenha sido um erro, nós somos uma família e vamos superar isto juntos", declarou o ex-dirigente dizendo que a rescisão do contrato foi feita de forma amigável.

Entre os "alvos" da conta estava Joel Embiid, mas hoje o camaronês elogiou o agora ex-Gerente Geral: "Ele é um grande cara. Fez um ótimo trabalho conosco. Então lhe desejo sorte".

"Ele fez um ótimo trabalho conosco. Lhe desejo sorte". (Joel Embiid)

 

Colangelo assumiu o cargo em Philadelphia após a saída de Sam Hinkie, na etapa final do "Processo" de reconstrução da franquia - apelido também adotado por Embiid.

"Não faço ideia se as contas eram realmente dela", respondeu ao ser questionado se acreditava na versão envolvendo a mulher de Colangelo. "Mas se foi ela, não há nada que possa ser feito", concluiu.

Bryan foi o responsável pelas seleções de Ben Simmons e Markelle Fultz na 1ª posição dos últimos 2 drafts.

Agora as maiores especulações envolvendo os Sixers tem relação a uma possível ida de LeBron James a Philadelphia.

Mas Colangelo agora está fora desse possível "negócio de mestre"...

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Bryan Colangelo deixa o Philadelphia 76ers após escândalo das contas no twitter

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.