- atualizado em

Dirk Nowitzki, Dwyane Wade e eu: nos meus critérios, eu ganho.

Nowitzki e Wade foram selecionados para o All Star Game (o último dos dois, provavelmente). Mas eu ainda sou mais eu (de acordo com meus critérios, claro!)

Dirk Nowitzki, Dwyane Wade e eu: nos meus critérios, eu ganho.
Ele sabe quem é melhor... (foto:espn.com)

O título do post já é suficientemente claro: eu sou mais eu. Desde que seja de acordo com meus critérios, claro.

Primeiro, temos Dirk Nowitzki. O cara tem mais tempo de NBA do que você tem de vida (tá lá desde 1998), já meteu 53 pontos num jogo, representou a seleção alemã e já foi campeão pelo Dallas Mavericks. Craque!

Dwyane Wade, por sua vez, também dispensa apresentações: está jogando sua última temporada (15a temporada já), jogou em Miami, Cleveland e Chicago e deu o primeiro título da carreira de Lebron James, na época do trio que também incluía Chris Bosh.

Eu: jogo basquete desde a 7a série (nas contas de hoje é o oitavo ano, negada), disputei algumas partidas pelo time de Morro do Chapéu, joguei o intercalouros da faculdade, o campeonato local da empresa que trabalho e algumas partidas na escolinha de basquete para a melhor idade. Muitos babas (na Bahia, pelada é baba), rachões e, claro, NBA Jam no Super Nintendo.

À primeira vista, as estatísticas de Nowitzki (ô nomezinho ruim de escrever) e Wade são levemente melhores que as minhas. Mas só à primeira vista. Eles já passaram por situações vexatórias na carreira às quais eu nunca estive exposto.

Estou falando do fato mais recente, que foi a escolha dos jogadores para o All Star Game dessa temporada. Pra começo de conversa, essa história de time de fulano X time de sicrano é ridícula. A gente sabe que a disputa do Leste X Oeste estava um jogo de comadres, mas não creio que a saída encontrada foi a melhor. Escolher dois capitães para dar nomes aos times é, no mínimo, controverso. Mas isso é assunto pra outro post...

É, Wade... contra fatos, não há argumentos. (Foto: espn.com)

Essa última semana Lebron James e Giannis Antetokounmpo escolheram os caras que jogariam em seus times no All Star Game. Do mesminho jeito que a gente faz na quadra perto de casa: pega os dois que jogam um pouquinho melhor e coloca pra tirar par ou ímpar. Depois, cada um vai “tirando o time”, do jeito que achar melhor. Lebron escolheu Kevin Durant, Kyrie Irving, Kawhi Leonard, James Harden, Anthony Davis, Klay Thompson, Damian Lillard, Ben Simmons, LaMarcus Aldridge, Karl-Anthony Towns, Bradley Beal e Dwyane Wade. Do outro lado, Giannis (melhor que escrever Antetokounmpo) escolheu Steph Curry, Joel Embiid, Paul George, Kemba Walker, Khris Middleton, Nikola Jokic, Russell Westbrook, Blake Griffin, D'Angelo Russell, Nikola Vucevic, Kyle Lowry e Dirk Nowitzki.

Vejam que, nos dois times listados, apresentei os atletas na ordem que foram escolhidos. E é aí, meu camarada, que eu levo vantagem em relação aos últimos dois de cada lista.
Nowitzki e Wade podem ter carreiras vitoriosas, títulos no currículo, múltiplas participações no ASG e eu não. Mas...

EU NUNCA FUI O ÚLTIMO A SER ESCOLHIDO PRA JOGAR O RACHÃO!!!

De que adianta ter tudo isso e na hora de tirar o time ser o último a ser escolhido? Sabem a clássica angústia do “putz, vou ficar pra próxima...”, que só vai crescendo à medida que os outros colegas vão sendo chamados e você não? Pois é, eles viveram isso agora. E há quem diga que só foram chamados por que estão jogando suas temporadas de despedida. Eu, em toda a minha carreira de jogador de basquete, nunca fui o último a ser chamado pro baba. O antepenúltimo e o penúltimo, vá lá... mas o último? Nunca!

Desculpem Nowitzki e Wade, vocês são os caras! Mas, nesse quesito, de acordo com meus critérios, minha estatística é melhor que a de vocês.

Até a próxima semana, galera.

P.S: se alguém que me conhece aparecer falando que lembra de uma situação específica em que fui o último escolhido, vou bloquear no Orkut na hora!

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

Marcone Marques

Marcone Marques

Bancário de profissão, psicólogo por vocação e fã de basquete por paixão. Casado e com dois filhos que adoram me provocar dizendo que gostam mais de futebol do que de basquete.

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Dirk Nowitzki, Dwyane Wade e eu: nos meus critérios, eu ganho.

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Amaury A. Pasos

Amaury A. Pasos

Quais são seus critérios ?
Qual seu nome ?

Amaury A Pasos
★★★★★DIA 12.02.19 11h21RESPONDER
Marcone Marques
Enviando Comentário Fechar :/
Marcone Marques

Marcone Marques

Fala, Amaury! Beleza?
Respondendo suas questões:
a) Meu nome é Marcone, o primeiro do meu nome, guardião do basquete raiz, sábio dos palpites infundados e bastião da moralidade em textos sobre basquete.
b) Meus critérios são... aliás... se eu falar aqui tu não vai ler o texto, né? Dá uma moralzinha lá, camarada! Espero que se divirta!
Abraços.

P.S: se tu for o Amaury da seleção de basquete, por favor, avisa pra eu poder pedir desculpas pela resposta em tom de brincadeira. Kkkk





★★★★★DIA 12.02.19 18h34RESPONDER
Guilherme Scardini
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2019 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.