- atualizado em

Jimmy Butler questiona o sistema ofensivo de Brett Brown no 76ers

Jogador que recém chegou ao time do 76ers já questiona o atual treinador do time, Butler será agente livre ao final dessa temporada

Jimmy Butler questiona o sistema ofensivo de Brett Brown no 76ers
Mal chegou no time da Filadélfia e Bulter já questionou seu treinador. (Créditos: NBA.com)

O All-Star do Philadelphia 76ers, Jimmy Butler, desafiou agressivamente o técnico Brett Brown em seu papel no ataque, complicando uma química já tênue entre a hierarquia Big 3 da equipe, disseram fontes da liga à ESPN.

Butler tem sido vocal em sua contestação de Brown e seu sistema, incluindo uma recente sessão de cinema em Portland que algumas testemunhas consideraram "desrespeitosa" e além do discurso normal de jogador-treinador.

Brown disse às pessoas dentro da organização que não teve problemas com essa troca e a considerou dentro dos limites do relacionamento que desenvolveu com Butler, disseram fontes.

Enquanto uma fonte próxima a Butler afirma que seu estilo intenso e direto pode sair tão combativo quanto ele está tentando deixar claro seus pontos de vista, a lenta assimilação de Butler no ambiente Sixers está causando alguma preocupação sobre sua viabilidade a longo prazo e se encaixar com a organização, de acordo com fontes da liga. No entanto, o foco e os recursos da franquia permanecem em fazer essa nova parceria funcionar nesta temporada e além.

O Sixers adquiriu Butler, cinco vezes All-Star, em um acordo com Minnesota por Robert Covington e Dario Saric em meados de novembro.

Reunir o complexo trio de Butler, Joel Embiid e Ben Simmons nunca seria uma tarefá fácil para nenhum técnico, e já está sendo um grande desafio para os Sixers.

Brown, que assinou uma extensão de contrato na offseason, continua sendo uma figura popular com propriedade e administração. Em torno da organização, há uma urgência para Brown e sua equipe de treinamento para estabilizar a situação, disseram fontes.

O time tem o compromisso de tornar o Big 3 (Embiid, Simmons e Butler) entrosado, especialmente com a agência livre de Butler no próximo verão.

Os Sixers (25-14) estão atualmente em quarto lugar na Conferência Leste e 14-8 desde que Butler chegou em meados de novembro, vindo de Minnesota.

Brown já havia passado um tempo significativo trabalhando na relação às vezes tênue entre Simmons e Embiid, e esses desafios foram agravados pela urgência de introduzir Butler na dinâmica dos Sixers.

Butler expressou o desejo de ter colegas de equipe que espera jogar em sets mais tradicionais de pick-and-roll e isolamento, em vez de tentar encontrar seu lugar na ofensiva do Sixers, disseram fontes da liga.

Em busca de respostas, Butler se encontrou em particular com Brown e sua equipe técnica, além do gerente geral Elton Brand, disseram fontes da liga à ESPN.

Butler, de 29 anos, pode se tornar um agente livre neste verão, e a preferência da organização é renovar o contrato com o jogador.

Equipes rivais acreditam que Butler acabará decidindo se reunir com pretendentes interessados ​​em julho. A preferência de Butler deve ser assinar um acordo mais lucrativo para permanecer com os Sixers, mas é claro que existem questões a serem trabalhadas antes que esse nível de conforto realmente exista.

Brown fala frequentemente sobre o desafio de transformar seu grupo de estrelas jovens em um time de nível de campeão, da mesma forma que San Antonio (onde ele foi assistente técnico do time de Gregg Popovich) fez com Tim Duncan, Manu Ginobili e Tony Parker.

Após a vitória de segunda-feira sobre o Clippers, Brown disse: "O que mais tem, ultimamente, ultimamente, em minha mente, é o crescimento de uma equipe, a coesão e a capacidade de compartilhar o sucesso de outra pessoa. A capacidade de comunicar francamente, para coexistir, é tudo com o que me importo."

"Estamos nos unindo. Temos uma nova oportunidade. Você não apenas clica nos calcanhares e joga Jimmy Butler, e todo mundo vai jogar da mesma maneira e estilo. Isso (não) funciona assim. Então, meu trabalho é fazer crescer uma equipe. Ben e Jo, Jo e Jimmy, vão aonde quiserem. Esses quatro são enormes. Jogar juntos é o que é sempre, de longe, na minha cabeça."

Esse desafio foi evidente na noite de segunda-feira, quando Simmons, inadvertidamente, deu uma cotovelada no rosto de Embiid enquanto ambos subiam para um rebote. Câmeras capturaram Embiid, que sofreu um osso orbital quebrado na última temporada em uma colisão com o companheiro de equipe Markelle Fultz, expressando frustração com Simmons (que estava perto de um triplo duplo na época) por perseguir um rebote em que Embiid estava mais bem posicionado.

Ambos os jogadores minimizaram o incidente depois, com Embiid dizendo: "Senti uma cotovelada no rosto e meio que me assustei porque era o mesmo rosto em que fiz a cirurgia. É por isso que o perdi. É uma jogada de basquete. Nada mais para falar."

Simmons disse simplesmente: "O treinador me diz para pegar rebotes, então eu subi para pegar rebotes".

Veja Também:

Artigos Relacionados

É hora de dar tchau

É hora de dar tchau

Depois de ótimos anos compartilhando da paixão pela NBA com vocês, vamos dar um tempo para nos dedicarmos a projetos pessoais

Sobre o Autor:

Thiago Colman

Thiago Colman

Acompanha a NBA desde 2006, torce pelo maior campeão da liga com 17 títulos, acredita que números não valem nada, se não vierem junto com anéis.

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Jimmy Butler questiona o sistema ofensivo de Brett Brown no 76ers

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2019 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.