- atualizado em

LeBron James: Jogar sem Kevin Love desafia o Cleveland Cavaliers

LeBron James disse como é jogar sem ter um All-Star ao seu lado, LeBron também elogiou Damian Lillard pelos seus feitos com o Portland Trail Blazers

LeBron James: Jogar sem Kevin Love desafia o Cleveland Cavaliers
LeBron James comemora o título de 2016 com Kevin Love. (Créditos: AP)

Após a derrota de 113-105 para o Portland Trail Blazers na quinta-feira, em que seus 35 pontos, 14 rebotes e 6 assistências não foram suficientes para evitar a terceira derrota do Cleveland Cavaliers em seus últimos quatro jogos, LeBron James admitiu o quanto a ausência de Kevin Love está afetando os Cavs.

"Faz muito tempo que não jogo com outro All-Star na minha equipe", disse James. "Então, ter o Kevin fora é muito desafiador para todos nós. Kev tem uma grande taxa de uso em nossa equipe. Ele vai receber a bola quando as coisas ficarem apertadas, caóticas, podemos jogá-lo no low post e ver algumas coisas acontecendo".

Tecnicamente, a última vez que James não jogou ao lado de um All-Star foi na temporada de 2015-16, temporada do título de Cleveland, mas isso aconteceu porque Kyrie Irving perdeu os primeiros meses da temporada se recuperando de uma cirurgia no joelho e Love havia sido barrado do time porque seu papel estava pequeno sendo comparado com os números monstruosos que ele tinha atuando pelo Minnesota Timberwolves.

Realmente, é preciso voltar para o Cavs de 2009-10 para encontrar uma equipe na qual James jogou que não tinha um All-Star ativo ao lado dele. Esse time contou com um par de ex-jogadores All-Stars como Shaquille O'Neal e Zydrunas Ilgauskas, bem como Mo Williams.

E seguindo a temporada de 2009-10, James deixou Cleveland para ir jogar com o Miami Heat, onde ele, Dwyane Wade e Chris Bosh, jogaram o All-Star Game juntos por quatro anos consecutivos.

A derrota de quinta-feira fez com que o aproveitamento do Cavs fosse para 10-10 desde que Love fraturou a mão esquerda contra o Detroit Pistons no dia 30 de janeiro.

Love disse a Cleveland.com que ele espera estar de volta para o time titular quando o Cavs jogar em casa na próxima semana, ele quer jogar na quarta-feira contra o líder do Leste, Toronto Raptors ou na sexta-feira contra o Phoenix Suns.

No entanto, a ausência de Love não é a única razão pela qual James está sendo sobrecarregado no Cavs. Larry Nance Jr. não jogou na quinta-feira com uma lesão no isquiotibedo direito. Rodney Hood voltou de uma lesão nas costas da parte inferior apenas para agravar a lesão e limitar-se a jogar 19 minutos. Tristan Thompson continua com uma entorse de tornozelo direito, o calouro Cedi Osman não jogou por causa de uma lesão flexora do quadril.

"Não é apenas Kev", disse James. "Nós também estamos sem o Double T (Tristan Thompson). Rodney voltou de novo. Então, obviamente, você quer ganhar todos os jogos, mas minha abordagem não muda".

É uma abordagem que o levou a uma média de 26,9 pontos, 7,3 rebotes e 8,5 assistências na sua 15ª temporada.

"[Ele] sempre se manteve o mesmo: apenas continue a atacar, atacar as defesas e, se eu atrair dois jogadores para a bola, deixe que eu faço as oportunidades", disse James. "Pegue o rebote. Defenda. Há muita energia que é usada com isso, mas isso é bom também".

O armador All-Star de Portland, Damian Lillard, fez sua parte na vitória de quinta-feira com 24 pontos e 9 assistências, mas Lillard teve mais ajuda do que James, vendo os 29 pontos do CJ McCollum e 17 pontos e 2 roubos de bola feitos por Maurice Harkless.

James, talvez mostrando o quanto ele estava sentindo a falta de jogar ao lado de um jogador de calibre All-Star, elogiou Lillard nos treinamentos na manhã de quinta-feira.

"Eu acho que todos sabemos como Damian Lillard está jogando bem", disse James. "Quero dizer, ele está jogando no nível All-Star que ele mostrou, obviamente, quando ele estava no jogo All-Star. Mas, escute, o cara é um superstar em nossa liga e ele está mostrando isso agora. numa equipe onde, obviamente, eu não acho que muitas pessoas pensaram que estariam no início da temporada. Mas ele como líder de sua equipe, ele conseguiu fazer aqueles caras ficarem em posição de lutar no Oeste".

Lillard e James são amigos agora, disseram fontes à ESPN, depois dos tweets que Lillard fez enquanto estava na faculdade que criticavam James e usavam uma linguagem depreciativa em 2014. James e Lillard tiveram uma "conversa homem a homem" anos atrás, disseram fontes da ESPN e James aceitou as desculpas de Lillard.

Agora? Não há nada além de admiração quando James é perguntado sobre Lillard.

"Se você é um visionário no basquete, não tem muitas mentes no basquete verdadeiras e pessoas que entendem isso, mas para mim, eu entendi e eu sei", disse James. "Me dê Damian Lillard, e vou lhe mostrar como ele será apreciado no futuro".

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

Thiago Colman

Thiago Colman

Acompanha a NBA desde 2006, torce pelo maior campeão da liga com 17 títulos, acredita que números não valem nada, se não vierem junto com anéis.

Comentários

Olá, deixe seu comentário para LeBron James: Jogar sem Kevin Love desafia o Cleveland Cavaliers

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.