JOGOS DE HOJE

00h00

X

21h30

X

22h00 Sportv

X

22h00

X

22h00

X

22h00

X

22h00

X

22h00

X

22h30

X

23h00

X

23h00 ESPN

X
MAIS JOGOS
- atualizado em

LeBron James também aprova as mudanças para o próximo All-Star Game

Após Stephen Curry, Draymond Green e Steve Kerr, LeBron James e Chris Paul também defendem as mudanças feitas pela NBA para o próximo All-Star Game

LeBron James também aprova as mudanças para o próximo All-Star Game
LeBron James em ação no All Star Game de 2017 (Foto: NBA.com)

No começo dessa semana o craque LeBron James, Cleveland Cavaliers, falou sobre a mudanças na formação das equipes do All Star Game a partir dessa temporada. E "King" James aprovou a tentativa da NBA em dar um maior "tempero" ao jogo das estrelas.

"Eu não vejo isso como uma má ideia. Algo precisava ser feito", disse disse o astro à ESPN.com. "Em termos de competitividade o All Star Game foi bastante fraco nos últimos dois anos. Então tentar mudar alguma coisa, como foi feito no Concurso de Enterradas, é algo válido. Se algo já foi bom, mas não vinha mais sendo, algo precisava mudar. Se der certo, tudo bem, se não, volta ao formato anterior novamente", continuou, se referindo à disputa entre time do Leste e do Oeste.

E James concluiu: "Precisamos ver como vai ser. É difícil dizer se vai dar certo agora. Ainda não experimentamos. Como não chegamos em fevereiro ainda, não dá pra saber o quão bom ou o quão ruim será. Mas eu gosto da mudança. Por que não"?

Vale lembrar que, com as mudanças feitas pela NBA, em 2018 não teremos mais o simples confronto entre Leste e Oeste. Ao invés disso, teremos 2 capitães - os jogadores mais votados pelos fãs em cada conferência - que escolherão suas equipes entre os jogadores selecionados para o jogo.

A definição dos 10 titulares ainda ocorrerá por votação (a composição será igual na última temporada com o resultado vindo 50% pelo voto dos fãs 25% pelo voto dos jogadores e 25% pelo voto da imprensa). Já os reservas continuam sendo selecionados pelos treinadores de melhor campanha em cada Conferência (sendo que Steve Kerr e Brad Stevens estão fora, por terem participado em 2017), cada qual escolhendo 7 jogadores de sua conferência.

No entanto para a formação dos times, a escolha será feita pelos capitães, tanto no time titular, quando no reserva, respeitada a escolha da votação e dos treinadores. Ou seja, um time pode ter, por exemplo, entre seus titulares 3 jogadores do Leste e 2 do Oeste e na Reserva mais 5 do Leste e 2 do Oeste, enquanto o outro teria 2 jogadores do Leste e 3 do Oeste entre os que iniciam a partida e 5 do Oeste e 2 do Leste entre os suplentes.

Quem também comentou a mudança foi o novo armador do Houston Rockets e presidente da Associação de Jogadores da NBA, Chris Paul:

"Estou empolgado com o que os jogadores e a liga fizeram para melhorar o All-Star Game. Isso foi uma prioridade para todos nós", declarou no comunicado da liga anunciando as mudanças. "Estamos ansiosos para fazer um divertido espetáculo em L.A". 

LeBron James também aprova as mudanças para o próximo All-Star Game
Chris Paul e LeBron James ao lado dos amigos Carmelo Anthony, Dwyane Wade no All Star Game de 2016 (Foto: twitter NBA)

Como disse LeBron, precisamos ver na prática como isso vai acontecer...

Mas, de fato, algumas coisas podem gerar uma maior motivação entre os próprios atletas. Por exemplo, como um companheiro de equipe reagiria se um capitão de seu time não o selecionasse? Ou será que Russell WestbrookKevin Durant escolheriam um ao outro se fossem capitães? E LeBron? Será que escolheria Kyrie Irving ou Isaiah Thomas? Poderíamos ver o camisa 23 dos Cavs ao lado de Stephen Curry ou James Harden? E como seria ter Giannis AntetokounmpoKawhi Leonard lado a lado? Ou DeMar DeRozan com a mesma camisa de Anthony Davis? Será que uma eventual não seleção pode gerar ou fortalecer algumas rivalidades existentes na liga? Como reagirão os últimos selecionados de cada equipe? Será que se sentirão "ofendidos"? E se um desse for Damian Lillard? Ele vai querer provar que foi injustiçado?

Enfim, muita coisa pode acontecer...

Vamos esperar para ver, com a esperança de que essa tentativa realmente resgate a diversão, o entretenimento e a competitividade do All Star Game, ao invés grande "caçada a recordes que vinha acontecendo ultimamente.

Até porque, da forma como vinham as coisas, uma mudança era inevitável... Ou evento estaria fadado à extinção...

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Desde de 2014 tem um tumblr sobe esportes e que tem como assunto principal o basquete: http://entrequatrolinhas.tumblr.com

Comentários

Olá, deixe seu comentário para LeBron James também aprova as mudanças para o próximo All-Star Game

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2017 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.