- atualizado em

Marcelinho Huertas pode deixar a NBA e voltar para a Espanha para defender o Unicaja Málaga

Segundo a imprensa espanhola o armador brasileiro Marcelo Huertas pode deixar a NBA e voltar à Espanha para defender o Unicaja Málaga

Marcelinho Huertas pode deixar a NBA e voltar para a Espanha para defender o Unicaja Málaga
Marcelinho Huertas contra o Pelicans (Foto: Getty Images)

Marcelinho Huertas é o capitão da seleção brasileira e o maestro do time brazuca nos últimos anos, porém em 2 temporadas com a camisa do Los Angeles Lakers ele não conseguiu se firmar na rotação do time.

E no meio da última temporada ele acabou sendo trocado para o Houston Rockets e dispensado na sequência. Com a camisa dos Lakers em 2016-17 suas médias foram de 2.7 pontos, 2.3 assistências e 10.3 minutos em 33 jogos.

Abaixo o vídeo do possível melhor jogo de Huertas na NBA em vitória do Lakers sobre o Golden State Warriors (10 pts e 9 rebotes).

Mas agora parece que a passagem de Huertas, que brilhou na Europa com as camisas de Joventud, Bilbao, Bologna, Baskonia e principalmente Barcelona, pela NBA chegou ao fim.

Segundo o repórter David Pick e diversas fontes espanholas o jogador tem proposta do Málaga para disputar a Euroliga.

Recentemente em participação no programa ESPN League durante os playoffs da NBA, Huertas disse que sua vontade era se seguir na liga americana, mas talvez não tenha surtido nenhuma oportunidade que tenha agradado ao brasileiro.

Aguardemos então a confirmação da negociação.

Saiba tudo do mercado da NBA aqui.

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Desde de 2014 tem um tumblr sobe esportes e que tem como assunto principal o basquete: http://entrequatrolinhas.tumblr.com

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Marcelinho Huertas pode deixar a NBA e voltar para a Espanha para defender o Unicaja Málaga

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2017 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.