Novidade - Loja do Sobe a Bola

- atualizado em

O provável desmanche do Los Angeles Clippers

Dúvidas permeiam a segunda franquia de Los Angeles e a palavra "rebuild" é dita com mais frequência ultimamente

O provável desmanche do Los Angeles Clippers
Autor desconhecido

Pela primeira vez em muitos anos o Los Angeles Clippers conseguiu montar um elenco capaz de disputar o título. No papel, pelo menos.

Chris Paul, Blake Griffin e DeAndre Jordan formam o temido trio conhecido por fazer um estrago no garrafão e, na próxima temporada, Paul e Griffin serão free agents.

É o sexto ano de aparição nos playoffs desde a temporada de 2011-12. A maior sequência da franquia e com certeza o melhor momento em que se encontram há anos! O mais lógico seria re-assinar com as duas estrelas... Não?

Sim, é o melhor momento da franquia, mas o time nunca passou das semi-finais de conferência. Na última temporada, inclusive, não passou nem da primeira rodada, com Chris Paul lesionando a mão no jogo 4 contra o Portland Trail Blazers.

E o pior é que o time é bom. Realmente bom. Mas algo simplesmente não dá liga. Além do trio principal temos Jamal Crawford, último vencedor do "Melhor Sexto Homem do ano", e J.J. Redick, um dos melhores arremessadores de 3 atualmente, ambos vindo do banco. Austin Rivers também vinha com uma boa temporada antes da lesão - E pode retornar para os playoffs.

Seja por lesões dos principais jogadores ou simplesmente por enfrentar times numa melhor fase, toda temporada acaba no sentimento de "quase" e isso já não é mais suficiente para os donos.

E com essa falta de sucesso na pós-temporada, questionamentos começam a ser levantados quanto a capacidade do time atual em conseguir sucesso na busca pelo anel. E com questionamentos, vem os rumores. Desde a última trade deadline, muito se especulou sobre uma possível troca de Blake Griffin para o Celtics ou até para o Knicks pelo Carmelo.

E apesar de nada ter se concretizado, será que o Clippers não trocou por não achar a troca ideal? Quão vantajoso e danoso ao mesmo tempo seria começar a reconstrução da franquia se desfazendo de um ou dois all-stars?

E o que mais sustenta os rumores de um possível rebuild da franquia é a provável saída de Doc Rivers na próxima temporada. A reconstrução do Clippers não se limitaria apenas aos jogadores principais, mas também boa parte da diretoria e equipe técnica, já que Doc é o técnico principal E presidente de operações do Clippers.

E acho que esse é um ponto importante aqui: Rivers não só é responsável por fazer as peças que tem à disposição funcionarem como também tem o poder de comprar e vender as peças.

Sim, ele montou um ótimo elenco, mas será então que isso vai além dos jogadores? A culpa pode ser depositada em Doc por não conseguir extrair todo o potencial que seu elenco dispõe?

Ok, tudo isso é especulação por enquanto, mas podemos esperar não ver mais o famoso trio do Clippers junto na próxima temporada. A franquia disse que está disposta a re-assinar com as duas estrelas (E J.J. Redick), mas será que ELES - Os jogadores vão querer?

Deve ser bem frustrante não conseguir levar o time mais longe, mesmo sendo um dos melhores armadores da liga nos últimos anos. Apesar de ter declarado que considera re-assinar com a franquia, uma mudança para um time mais consistente e com possibilidades maiores de chegar numa final podem mudar tudo.

Paul está com 31 anos e sabemos que o auge de um jogador não vai muito mais longe que isso. Apesar de ainda ser um monstro na posição, é possível perceber uma pequena queda nas estatísticas, principalmente defensivas e o número de lesões vem aumentando ao longo do tempo.

Algumas especulações são de que Chris Paul poderia ir para o San Antonio Spurs no lugar de Tony Parker que não vem mantendo um ritmo de titular ou até retornar como filho pródigo para o New Orleans Pelicans, onde foi draftado, e se juntar às novas "torres gêmeas" de Anthony Davis e DeMarcus Cousins.

Muito se diz também de Blake Griffin ir para o Boston Celtics, que atualmente é um time muito capaz de conseguir um título caso encontre a peça que está faltando, participar do processo de rebuild do Los Angeles Lakers ou até mesmo ser o segundo jogador do Oklahoma City Thunder junto de Westbrook, que seria uma dupla ofensiva interessante. Griffin de titular com Kanter fazendo estrago vindo do banco, seria um dos times mais fortes na posição 4.

Apesar de tudo, a possibilidade de ambos permanecerem no Clippers ainda é alta, mas dependerá muito da atuação do time nos playoffs, talvez se conseguirem chegar numa final de conferência. Pelo menos para acalmar os ânimos dos owners e torcedores, e declarar que o time consegue sim ser um contender de peso, com chances reais de conseguir um título nos próximos anos.

O time enfrenta o Utah Jazz no primeiro round. Nos 4 confrontos na temporada, o Clippers levou a melhor 3 vezes contra 1 do Jazz, então há grandes chances de vermos a franquia numa semi-final contra o Golden State Warriors. E, com Durant saudável e tudo mais, o resultado mais provável é que, novamente, o Clippers não passe da segunda rodada.

E isso com certeza pesará na consciência tanto da diretoria quanto dos próprios players.

 

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

Fábio Ritter

Fábio Ritter

Paulista, narigudo, geralmente prefere a companhia de máquinas à pessoas. Ama jogar/assistir basquete, torce fervorosamente para a franquia de San Antonio e tenta evitar o clubismo de cada dia . Apenas tenta.

Comentários

Olá, deixe seu comentário para O provável desmanche do Los Angeles Clippers

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2017 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.