- atualizado em

Os brasileiros nos playoffs 2016-17 da NBA. Nene faz história

Os playoffs tem a participação de 5 jogadores brasileiros, com destaque para o pivô Nene do Houston Rockets

Os brasileiros nos playoffs 2016-17 da NBA. Nene faz história
Nene fazendo história no jogo entre Rockets e Thunder (Foto: Autor desconhecido)

O Brasil tem 5 representantes nos playoffs da NBA na temporada 2016-17: Nene, no Houston Rockets, Raul Neto no Utah Jazz, Cristiano Felício no Chicago Bulls e Lucas "Bebe" Nogueira e Bruno Caboclo no Toronto Raptors.

Chegando no 10º dia dos playoffs, vamos dar uma olhada no desempenho dos 5 até aqui.

Nene

  • 4 jogos, 3 vitórias e 1 derrota, 13.5 pontos por jogo, 6.5 rebotes por jogo e 92% nos arremessos

O pivô brasileiro, listado pelo técnico Mike D´Antoni como um dos 5 melhores da liga antes do início da temporada tem mostrado o motivo disso em quadra.

O brasileiro tem jogado por 21 minutos e se projetadas para 36 minutos suas médias seriam de 23.1 pontos e 11.1 rebotes.

Seus 92% nos arremessos são a melhor marca dos playoffs, à frente dos 84.2% de JaVale McGee e dos 69.7% do líder da temporada regular DeAndre Jordan.

Se já havia ido muito bem no jogo 1 com 15 pontos e 5 rebotes, sua atuação decisiva no jogo 4 foi histórica: 28 pontos, 10 rebotes, 12-12 nos arremessos e a cesta da vitória.

Além disso, Nene sozinho superou o banco do Thunder que teve apenas 22 pontos e 9 rebotes.

E com o brazuca em quadra o time de Houston teve +/- de +23 e aproveitamento de 54% nos arremessos, contra 39% do OKC.

Seguem os lances do craque brasileiro:

O camisa 42 igualou Larry McNeil, em 1975, como jogador com mais arremessos convertidos em playoffs sem nenhum erro.

E se não bastasse, igualou também ninguém menos que Wilt Chamberlain como únicos jogadores com partidas de playoffs com pelo menos 20 pontos e 10 rebotes, acertando todo os seus arremesso.

Os Rockets tentam fechar sua série na próxima terça-feira (25/4).

Raulzinho

  • 2 jogos, 1 vitória e 1 derrota, 2.5 pontos por jogo, 1.5 rebote por jogo e 100% nos arremessos

Após não ser utilizado pelo Jazz nos jogos 1 e 2 contra os Clippers, o armador brasileiro esteve em quadra nos jogos 3 e 4.

No jogo 3 atuou por 3 minutos e converteu seus 2 arremessos de quadra, acabando com 5 pontos.

Já no jogo 4, esteve em quadra por 7 minutos e não tentou nenhum arremesso, acabando com 3 rebotes e 1 assistência.

A série volta para Los Angeles empatada em 2 x 2. O jogo 5 será nesta terça-feira (25/4).

Felício

  • 4 jogos, 2 vitórias e 2 derrotas, 3.3 pontos por jogo, 5.3 rebote por jogos e 54.5% nos arremessos

Atuando em média por 15.8 minutos, tem oscilado como todo o time dos Bulls na série contra os Celtics.

Aparecendo pouco no ataque, teve sua melhor atuação no jogo 3, com 11 rebotes e 2 tocos, apesar de apenas 2 pontos e 1-4 nos arremessos.

Com a série empatada em 2 a 2, os times voltam a se enfrentar na quarta (26/4), no TD Garden.

Lucas "Bebê"

  • 2 jogos, 2 derrotas, 1.5 pontos por jogo, 1.5 rebote por jogos e 50% nos arremessos

Após ter algum destaque na temporada, segue sem espaço na rotação dos Raptors após as chegadas de Serge Ibaka e PJ Tucker.

O pivô jogou até aqui um total de 5 minutos na série, pegando 3 rebotes e marcando 3 pontos.

Bruno Caboclo

Se já não era aproveitado nem na temporada regular, sequer foi relacionado nos 4 jogos do time até aqui.

Os Raptors voltam a encarar os Bucks nesta segunda (24/4), no Canadá.

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Os brasileiros nos playoffs 2016-17 da NBA. Nene faz história

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.