- atualizado em

Playoffs NBA - Dia 43: Com Kevin Durant em modo MVP, Golden State Warriors vence Cleveland Cavaliers no jogo 3 e fica à uma vitória do título

Warriors superam partida ruim de Stephen Curry, triplo duplo de LeBron James e coadjuvantes dos Cavs funcionando, graças a show de Kevin Durant

Playoffs NBA - Dia 43: Com Kevin Durant em modo MVP, Golden State Warriors vence Cleveland Cavaliers no jogo 3 e fica à uma vitória do título
Durant faz arremesso diante de LeBron James no jogo 3 (Foto: twitter ESPN)

A quarta-feira nos playoffs da NBA teve o Jogo 3 entre Golden State WarriorsCleveland Cavaliers nas Finais. Foi mais uma partida muita equilibrada, onde os donos da casa começaram querendo mostrar sua força para o torcedor de Cleveland, mas no final os Warriors novamente foram precisos para fazer 3 a 0 na série.

E nenhuma equipe na história da NBA reverteu uma série de playoffs após estar em uma desvantagem de 3 a 0.

Ontem o nome da vitória dos atuais campeões não foi Stephen Curry, mas sim Kevin Durant.

A graças a atuação de gala do MVP das últimas Finais, nem um triplo duplo de LeBron James foi suficiente para fazer frente aos Warriors.

Golden State Warriors 110 x 102 Cleveland Cavaliers

Com Kevin Durant em modo MVP, Golden State Warriors vence Cleveland Cavaliers no jogo 3 e fica à uma vitória do título
Warriors a uma vitória do 3º título em 4 anos (Foto: twitter NBA)

LeBron e os Cavs começaram muito bem e Kevin Love e JR Smith começaram acertando cada um o primeiro arremesso de 3 na partida. 

Seria, portanto, um sinal de que os Cavaliers ainda estavam vivos na série e poderiam seguir sonhando com o título?

Ao final do 1º tempo parecia que sim, com o time de Cleveland indo para o intervalo com uma vantagem de 6 pontos no placar (58 a 52).

Só que aí veio mais uma 3º quarto da morte e os Warriors conseguiram uma parcial de 31 a 23, com o placar chegando aos 12 minutos finais marcando 83 a 81 para os comandados do técnico Steve Kerr.

E o equilíbrio continuou até entrarem no minutos final do jogo, quando Durant acertou uma bola de 3, levou a vantagem dos visitantes para 6 pontos e praticamente selou a vitória.

A bola de KD foi muito parecida com outra que ele marcou no jogo 3 das Finais de 2017 para decretar a vitória também naquela partida. A diferença é que desta vez, ao invés de ser marcado por LeBron, ele tinha JR pela frente.

Veja aqui os números do craque nas 2 partidas resumidas no vídeo acima.

Durant foi o nome do jogo mais uma vez. O ala acabou com 43 pontos (8º jogo com 40+ pontos e seu novo recorde na carreira em playoffs), 13 rebotes, 7 assistências, 15-23 nos arremessos, 6-9 nas bolas de 3 e 7-7 nos lances livres.

Nenhum outro jogador na história das Finais havia conseguido uma partida com 43+ pontos, 13+ rebotes e 7+ assistências e no jogo de ontem KD pontuou diante de todos os jogadores que entraram em quadra pelos Cavs, exceto Tristan Thompson.

Durant se tornou ainda o 5º jogador com pelo menos 40 pontos, 10 rebotes e 5 assistências em Finais da NBA desde 1980, ao lado de Magic Johnson, Michael Jordan, Shaquille O´Neal (2x) e LeBron (4x).

E o 6º em todos os tempos a conseguir esses números como visitante.

Após o jogo, LeBron elogiou KD: "Ele é um dos melhores jogadores que eu já enfrentei e que essa liga já viu".

Além do camisa 35, outros 8 jogadores dos Warriors marcaram pelo menos 8 pontos, mas nenhum deles chegou sequer a 12. Draymond Green teve 10 pontos e 9 assistências, JaVale McGee 10 pontos, Jordan Bell 10 pontos e 6 rebotes, Shaun Livingston 8 pontos e 4-5 nos arremessos (veja aqui um recorde do armador nessa série) e Andre Iguodala voltou e teve 8 pontos em 22 minutos.

E a decepção ficou por conta dos "Splash Brothers"...

Afinal, Curry, após o recorde de 9 bolas de 3 no Jogo 2, errou as 9 primeiras bolas de 3 arremessadas no jogo 3 e acabou com 11 pontos, 6 rebotes, 5 assistências e 3-16 nos arremessos - seu pior jogo em aproveitamento de arremessos na carreira em playoffs.

Já Klay Thompson acabou com 10 pontos e 4-11 nos arremessos.

Ou seja, a dupla acertou apenas 25.9% dos arremessos combinados e agora são os detentores das piores performances em arremessos da história das Finais (com pelo menos 16 arremessos tentados).

Foi a 19ª série de playoffs consecutiva com pelo menos uma vitória de Golden State como visitante - um novo recorde na NBA.

Passando ao lado dos Cavaliers, "King" James veio com tudo e já no 1º quarto repetiu uma jogada incrível que fez também nas Finais de 2017:

Que monstro!!!!

Vale até a pena conferir em câmera lenta também:

Ao final do jogo foram 33 pontos, 10 rebotes, 11 assistências, 2 roubos e 2 tocos para James.

O camisa 23 chegou ontem ao seu jogo 20º jogo em Finais com pelo menos 30 pontos (3ª maior marca na história) e ao seu 110 com pelo menos 30 pontos em playoffs - maior marca da história da NBA:

Além disso, LeBron chegou ao seu 10º triplo duplo em Finais - Magic é o 2º em todos os tempos com 8. Foi, ainda, o 5º TD com pelo menos 30 pontos em Finais.

Todos os outros jogadores tem combinados 4 TD com 30+ pontos em Finais e desde 1984 apenas 6 jogadores tem 5 TD com 30+ pontos em suas carreiras.

Vida longa ao Rei!

Pena que aparentemente não nessa série...

Afinal, ontem James teve ainda ajuda de alguns seus companheiros, mas mesmo assim saiu derrotado pela 5ª vez em 5 jogos contra os Warriors em 2017-18. 

Kevin Love acabou com 20 pontos e 13 rebotes, JR Smith com 13 pontos e Rodney Hood - que voltou à rotação de Tyronn Lue - 15 pontos em 26 minutos.

Só que no geral o time foi mal nas bolas de 3, com apenas 29% de aproveitamento (9-31).

E em sua coletiva James comparou a dominância dos Warriors ao New England Patriots de Tom Brady da NFL: "É quase como jogar contra os Patriots: você simplesmente não pode cometer erros, eles não vão deixar de te vencer".

Com esse resultado a série chega ao Jogo 4 exatamente igual a 2017...

E na temporada passada os Cavs conseguiram respirar com uma vitória forçando o retorno a Oakland para depois terem o sonho de uma virada inédita interrompido.

Será que veremos isso de novo?

Ou pode vir varrida pela frente?

Durant prefere buscar a varrida - que na temporada poderia ter lhes garantido uma pós-temporada perfeita - a arriscar diante de uma equipe que já reverteu uma desvantagem de 3 a 1 sobre os Warriors nas Finais de 2016.

"Não queremos jogar com os deuses de novo". (Kevin Durant, sobre buscar a varrida)

"Não queremos jogar com os deuses de novo. Queremos vir aqui e jogar nosso melhor jogo, respeitar o jogo. Todos tem isso em mente. Não estou preocupado em como. Só queremos vir aqui, respeitar o jogo e buscar uma vitória".

Kevin falou ainda sobre a derrota no jogo 4 do ano passado: "Eles aproveitaram todos os nossos erros", disse. E concluiu: "É o tipo de coisa que não podemos fazer de novo, especialmente contra um time desesperado. Eles vão procurar nossas falhas e jogar duro. Vamos ver".

O jogo 4 será na próxima sexta-feira, às 22h00, com transmissão para o Brasil da ESPN.  

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Playoffs NBA - Dia 43: Com Kevin Durant em modo MVP, Golden State Warriors vence Cleveland Cavaliers no jogo 3 e fica à uma vitória do título

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.