- atualizado em

Prévia da temporada 2018-19 - Chicago Bulls

Chicago Bulls aposta nas recuperações de Zach LaVine e Jabari Parker para que liderem o jovem elenco reforçado por Wendell Carter Jr (7º no último draft)

Sobe a Bola vai publicar Prévias de todas as franquias da NBA para a temporada 2018-19.

Todos os dias, de segunda à sexta-feira apresentaremos uma equipe, alternando entre a Conferência Leste e a Oeste.

A ordem das postagens será baseada na classificação das equipes na temporada 2017-18.

Seguem as análises já publicadas: Suns, Hawks, GrizzliesMagic e Mavs.

Agora é hora de falar do Chicago Bulls!

Campanha na temporada 2017-18: 27 vitórias e 55 derrotas (13º no Leste e 24º na liga)

Chegadas: Jabari Parker (SF – MIL), Wendell Carter Jr (C, draft, 7ª posição), Derrick Walton Jr (PG – MIA) e Chandler Hutchison (SF, draft, 22ª posição).

Saídas: Jerian Grant (PG - ORL), David Nwaba (SF – CLE) e Noah Vonleh (PF – NYK)

Renovaram: Zach LaVine (SG), Ryan Arcidiacono (PG) e Antonio Blakeney (SG)

Agentes Livres (ainda no mercado): nenhum

Previsão de vitórias segundo a ESPN (USA): 28 (14º do Leste)

Previsão de vitórias segundo Las Vegas: 27,5 (14º do Leste) 

Líderes 2017-18:

o   Pontos: Nikola Mirotic (16.8)

o   Assistências: Kris Dunn (6.0)

o   Rebotes: Lauri Markkanen (7.5)

o   Roubos: Kris Dunn (2.0)

o   Tocos: Robin Lopez (0.8)

Elenco atual:

Chicago Bulls

PG

Kris Dunn

Cameron Payne

Ryan Arcidiacono

SG

Zach LaVine

Denzel Valentine

Antonio Blakeney

SF

Jabari Parker

Justin Holiday

Chandler Hutchison

PF

Lauri Markkanen

Bobby Portis

Cristiano Felício

C

Wendell Carter Jr

Robin Lopez

Omer Asik

Possíveis membros do Hall da Fama: nenhum

Possíveis All Stars em 2019: nenhum

Possíveis vencedores de prêmios em 2019: Wendell Carter Jr (ROY) e Jabari Parker (MIP)

Análise:

Após trocar Jimmy Butler por Kris DunnZach LaVine e a escolha que se tornou Lauri Markkanen, os Bulls iniciaram um processo de reconstrução, acumulando derrotas e buscando uma boa posição no draft.

Só que o time pareceu demorar para “entender” isso e chegou a ter uma sequência de 11 vitórias após a estreia de Nikola Mirotic – o ala-pivô perdeu o começo da temporada após uma briga com Bobby Portis na pré-temporada.

Só que o hispano-montenegrino acabou trocado, vários jogadores foram poupados e no final Chicago conseguiu a 7ª escolha no draft. E com ela selecionou Wendell Carter Jr, um pivô muito elogiado pelos olheiros da NBA, que tem um estilo de jogo bastante diversificado, com boa defesa, rebotes, movimentação ofensiva e que foi comparado por muitos a Al Horford.

Carter Jr e Hutchison, os calouros dos Bulls (Foto: twitter Bulls)
Carter Jr e Hutchison, os calouros dos Bulls (Foto: twitter Bulls)

Pode ser uma combinação perfeita com Markkanen. Afinal, o finlandês fez uma ótima temporada de estreia e mostrou que pode ser o nome do futuro da franquia, sendo eleito para o 1º Time de Calouros da temporada.

E com a 22ª posição os touros trouxeram ainda o ala Chandler Hutchison, com a expectativa de que fosse um jogador que já pudesse contribuir imediatamente após seus 3 anos de basquete universitário, entrando na rotação que já tem Denzel Valentine e Justin Holiday.

A grande contratação dos Bulls foi também sua grande aposta. Afinal, com um contrato de 40 milhões de dólares em 2 anos (o 2º ano é opção do time), trouxeram Jabari Parker.

Parker é um jogador nascido em Chicago e que sempre foi reconhecido por seu talento ofensivo. Porém, o ex-jogador dos Bucks tem sua carreira na NBA marcada por lesões e vem justamente de uma temporada em que retornou de uma séria lesão no joelho, precisando provar que está plenamente recuperado e que pode fazer jus às expectativas que o levaram a ser o 2º escolhido no draft de 2014.

E por falar em lesão no joelho, os Bulls também renovaram com Zach LaVine por 80 milhões em 4 anos, cobrindo proposta dos Kings. E o ala-armador, tal qual Paker, também vem de um retorno de lesão séria no joelho e precisa provar que ainda pode corresponder às expectativas que tinha sobre si.

Essa negociação era dada como certa, pois, se não renovassem com ele, a troca de Jimmy Butler poderia soar como um erro - apesar do potencial de Markkanen.

Lauri Markkanen se tornou o calouro que mais rapidamente chegou a 100 bolas de 3 na história da NBA (Foto: NBA.com)
Lauri Markkanen se tornou o calouro que mais rapidamente chegou a 100 bolas de 3 na história da NBA (Foto: NBA.com)

Porém, é necessário saber como essa dupla irá corresponder em quadra, como será o encaixe desse quinteto formado por Kris Dunn, LaVine, Parker, Markkanen e Carter Jr e como nomes como os veteranos Holiday e Robin Lopez, além de Valentine, Portis e do brasileiro Cristiano Felício serão aproveitados na rotação do time.

Veja o que Carter aprontou na Liga de Verão:

No melhor dos cenários, dá pra sonhar com uma volta aos playoffs.

Mas não seria nada impossível imaginar mais uma temporada decepcionante e uma nova reconstrução no verão de 2019...

Palpites Sobe a Bola:

o   André C. Rocha - 8º do Leste
o   Guilherme Scardini - 13º do Leste
o   José Alberto Jr - 10º do Leste
o   Matheus Monteiro - 12º do Leste 
o   Raphael Fernandes - 12º do Leste 
o   Thiago Henrique - 13º do Leste
o   Thiago Paixão – 12º do Leste
o   William Barbosa -11º do Leste

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Desde de 2014 tem um tumblr sobe esportes e que tem como assunto principal o basquete: http://entrequatrolinhas.tumblr.com

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Prévia da temporada 2018-19 - Chicago Bulls

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.