- atualizado em

Prévia da temporada 2018-19 - New Orleans Pelicans

Com a saída de DeMarcus Cousins e Rajon Rondo, New Orleans Pelicans se reinventa ao redor de Anthony Davis para manter o craque na franquia que o draftou

Sobe a Bola vai publicar Prévias de todas as franquias da NBA para a temporada 2018-19.

Todos os dias, de segunda à sexta-feira apresentaremos uma equipe, alternando entre a Conferência Leste e a Oeste.

A ordem das postagens será baseada na classificação das equipes na temporada 2017-18.

Seguem as análises já publicadas: 

SunsHawksGrizzliesMagic, Mavs,
BullsKingsNetsLakersKnicks,
Clippers, HornetsNuggets, Pistons, Wolves,
WizardsSpursBucks.

aqui você pode conferir também nossos podcasts com os "previews".

Agora é hora de falar do New Orleans Pelicans!

Campanha na temporada 2017-18: 48 vitórias e 34 derrotas (6º no Oeste e 11º na liga)

Playoffs 2018:

  • 1a rodada: 4 x 0 vs Blazers
  • 2a rodada: 1 x 4 vs Warriors 

Chegadas: Elfrid Payton (PG – PHO), Julius Randle (PF – LAL), Jahlil Okafor (C – BKN) e Tony Carr (PG, draft, 51ª posição)

Saídas: DeMarcus Cousins (C – GSW) e Rajon Rondo (PG – LAL)

Renovaram: Nikola Mirotic (PF) e Ian Clark (SG)

Agentes Livres (ainda no mercado): Jordan Crawford (SG), Charles Cooke (PG)

Previsão de vitórias segundo a ESPN (USA): 44,1 (7º do Oeste)

Previsão de vitórias segundo Las Vegas: 45,5 (7º do Oeste)

Líderes 2017-18:

o   Pontos: Anthony Davis (28.1)

o   Assistências: Rajon Rondo (8.2)

o   Rebotes: DeMarcus Cousins (12.9)

o   Roubos: DeMarcus Cousins (1.6)

o   Tocos: Anthony Davis (2.6)

Elenco atual:

New Orleans Pelicans

PG

Elfrid Payton

Tony Carr

Frank Jackson

SG

Jrue Holiday

E’Twaun Moore

DeAndre Liggins

SF

Solomon Hill

Darius Miller

Cheick Diallo

PF

Nikola Mirotic

Julius Randle

Jahlil Okafor

C

Anthony Davis

Alex Ajinca

Emeka Okafor

Possíveis membros do Hall da Fama: nenhum

Possíveis All Stars em 2019: Anthony Davis

Possíveis vencedores de prêmios em 2019: Anthony Davis (MVP e DPOY)

Análise:

A temporada passada seria a 1ª temporada completa das “Torres Gêmeas” Anthony DavisDeMarcus Cousins em Nova Orleans. Porém, a lesão do pivô em janeiro fez com que o time não apostasse alto em sua renovação e Cousins acabou optando por assinar com os Warriors por um ano.

Com isso os Pelicans precisaram “mudar de rumo” e trouxeram 2 novos “big man” para jogar ao lado do craque Anthony Davis: Julius Randle e Jahlil Okafor.

Randle chega dos Lakers após sua melhor temporada em pontos (16.1) e % de arremessos (55.8), em apenas 26.7 min – sua menor minutagem da carreira. Já Okafor ganha mais uma chance de mostrar que o potencial que o fez ser escolhido na 2ª posição no draft de 2015 não era um engano total e que ele pode ser efetivo na NBA atual. Suas médias na carreira são de 12.9 pontos e 5.3 rebotes.

Davis, Mirotic (ainda de barba) e Holiday foram a base dos Pelicans após a lesão de Cousins (Foto: NBA.com)
Davis, Mirotic (ainda de barba) e Holiday foram a base dos Pelicans após a lesão de Cousins (Foto: NBA.com)

Cabe lembrar ainda, que após a lesão de DeMarcus e a chegada de Nikola Mirotic os Pelicans conseguiram garantir a vaga nos playoffs e ainda “varreram” os Blazers na 1ª rodada, antes de cair diante do Golden State.

Ou seja, o garrafão não deve ser um “problema” para eles.

No entanto, outra mudança considerável para o time de New Orleans está na armação principal do time. Sai o veterano, polêmico e genial Rajon Rondo (quase numa troca com os Lakers, já que Randle veio de lá) e chega Elfrid Payton, que tem médias na carreira de 11.2 pontos e 6.4 assistências, mas sempre se mostrou inconsistente em Orlando e mais recentemente em Phoenix. Resta saber quanto da sua inconsistência vinha da inconsistência do elenco ao seu redor.

Ao seu lado, Payton terá Jrue Holiday, que brilhou nos últimos playoffs diante dos Blazers.

Payton e Randle são apresentados pelo GM Dell Demps (Foto: The Advocate)
Payton e Randle são apresentados pelo GM Dell Demps (Foto: The Advocate)

Cabe lembrar que recentemente Davis disse que se surpreendeu com a saída de Cousins e que o ex companheiro agora é seu inimigo.

Ou seja, além da expectativa normal sobre o desempenho desse novo Pelicans na fortíssima Conferência Oeste, precisamos esperar também pelo reencontro do pivô com sua ex-equipe, que pode acontecer em 30/10 (muito difícil) ou 16/01 em Nova Orleans ou apenas em 09/04, em Oakland.

Aguardemos...

E até lá, vamos relembrar os melhores momentos de Davis, que recentemente assinou com o mesmo agente de LeBron James (será que vai para LA?) e disse quer se considera o melhor jogador da liga, na temporada:

Palpites Sobe a Bola:

o   André C. Rocha - 9º do Oeste
o   Bruno Colmenero - 11º do Oeste
o   Guilherme Scardini - 8º do Oeste
o   José Alberto Jr - 11º do Oeste
o   Matheus Monteiro - 7º do Oeste 
o   Raphael Fernandes - 9º do Oeste 
o   Thiago Henrique - 10º do Oeste
o   Thiago Paixão – 10º do Oeste
o   William Barbosa - 6º do Oeste

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Prévia da temporada 2018-19 - New Orleans Pelicans

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.