- atualizado em

Prévia da temporada 2018-19 - Phoenix Suns

Pela 1ª vez na história o Phoenix Suns teve a 1ª escolha do draft. E Deandre Ayton chega para encorpar um núcleo jovem e que já "não quer mais perder"

Hoje iniciamos as Prévias aqui no Sobe a Bola de todas as franquias da NBA para a temporada 2018-19.

Todos os dias, de segunda à sexta-feira apresentaremos uma equipe, alternando entre a Conferência Leste e a Oeste.

A ordem das postagens será baseada na classificação das equipes na temporada 2017-18.

aqui você pode conferir também nossos podcasts com os "previews".

Portanto, vamos começar com o Phoenix Suns!

Campanha na temporada 2017-18: 21 vitórias e 61 derrotas (15º no Oeste e 30º na liga)

Chegadas: Deandre Ayton (C, draft, 1ª posição), Trevor Ariza (SG – HOU), Ryan Anderson (PF – HOU), Mikal Bridges (SF, draft, via 76ers, 10ª posição), Élie Okobo (PG, draft, 31ª posição), George King (SG, draft, 59ª posição), De'Anthony Melton (SG – HOU) e Darrell Arthur (PF – DEN/BKN).

Saídas: Marquese Chriss (PF – HOU), Brandon Knight (PG – HOU, Alex Len (C – ATL), Elfrid Payton (PG – NOP), Jared Dudley (SF – BKN) e Daniel House (SG - GSW)

Renovaram: nenhum

Agentes Livres (ainda no mercado): Alex Peters (PF)

Previsão de vitórias segundo a ESPN (USA): 27,2 (14º do Oeste)

Previsão de vitórias segundo Las Vegas: 28,5 (14º do Oeste) 

Líderes 2017-18:

o   Pontos: Devin Booker (24.9)

o   Assistências: Elfrid Payton (6.2)

o   Rebotes: Tyson Chandler (9.1)

o   Roubos: Shaquille Harrison (1.1)

o   Tocos: Marquese Criss (1.0)

Elenco atual:

 

Phoenix Suns

PG

Shaquille Harrison

Elie Okobo

De'Anthony Melton

SG

Devin Booker

Troy Daniels

George King

SF

Josh Jackson

TJ Warren

Mikal Bridges

PF 

Trevor Ariza

Ryan Anderson

Darrell Arthur

Deandre Ayton

Tyson Chandler

Dragan Bender

Possíveis membros do Hall da Fama: nenhum

Possíveis All Stars em 2019: nenhum

Possíveis vencedores de prêmios em 2019: Deandre Ayton (ROY)

Análise:

Na temporada passada o Phoenix Suns “conseguiu” a pior campanha da NBA e com isso pela 1ª vez na história teve a 1ª posição do draft.

Com essa escolha optaram por selecionar o pivô Deandre Ayton, da Universidade de Arizona. Um prospecto dominante no garrafão durante seu único ano no basquete universitário e que se mostrou uma opção mais segura para os Suns, ao invés de apostar no sérvio Luka Doncic.

Afinal, ele supriria uma carência do time na posição 5 e passaria a formar um trio jovem e talentoso com Devin BookerJosh Jackson.

Além de Ayton, chegaram via draft o ala Mikal Bridges, adquirido em troca com o Philadelphia 76ers (e por quem o time “pagou” ainda uma escolha futura), o armador francês Élie Okobo e o ala-armador George King. Outro calouro do time será De'Anthony Melton, adquirido junto ao Houston Rockets na troca que também trouxe Ryan Anderson! (!!!???)

Além do ala-pivô, ex-Rockets, quem também chega para balancear essa juventude, é o experiente ala Trevor Ariza, que poderá servir como mentor da “molecada”.

Trevor Ariza no momento da apresentação pelos Suns (Foto: NBA.com)
Trevor Ariza no momento da apresentação pelos Suns (Foto: NBA.com)

Outra mudança fundamental foi a chegada do técnico Igor Kokoskov, campeão do último EuroBasket com a equipe da Sérvia. Conhecido como formador de jovens atletas, o primeiro europeu efetivado como técnico principal de uma equipe da NBA tem longa bagagem como auxiliar dos próprios Suns, Cavs, Magic e mais recentemente Jazz – onde foi um dos responsáveis pela evolução de Rudy Gobert.

O time de Phoenix não teve nenhuma grande baixa, apesar da “surpresa” na negociação de Marquese Chriss e Brandon Knight por Anderson. Ainda mais porque a ida de Alex Len para Atlanta será suprida por Ayton. Já o veterano Dudley fará falta mais no vestiário do que em quadra, mas seu papel será cumprido – e com excelência – por Ariza.

Outra perda foi o “baixinho” Tyler Ulis, dispensando (para tristeza por seu companheiro de Universidade Booker).

Resta saber quem assumirá a armação do time após as saídas de Payton, Ulis e Knight, sendo que os rumores são de que o time foi atrás de um nome de peso no mercado, mas não teve sucesso nas tentativas por Damian LillardKemba Walker ou Terry Rozier.

Enfim, o Suns ainda é o time de Devin Booker, que quer se firmar entre os grandes nomes da NBA. O ala-armador, campeão do torneio de 3 pontos no último All Star Game, foi o 8º cestinha da liga com 24.9 pontos por jogo e recordes na carreira em % de arremessos (43.2), bolas de 3 (38.3) e lances livres (87.8) em 54 jogos.

Devin Booker foi o 8º cestinha da liga em 2017-18 (Foto: Kevork Djansezian-Getty Images)
Devin Booker foi o 8º cestinha da liga em 2017-18 (Foto: Kevork Djansezian-Getty Images)

Destaque também para os 19.6 pontos por jogo de TJ Warren.

Agora é saber qual será a postura do time na próxima temporada.

Afinal, o discurso é de que a hora de “perder de propósito” já passou. Porém, não dá pra saber qual o teto desse jovem time ou o que Ayton poderá demonstrar já no seu 1º ano.

Confira o jovem em ação na última Liga de Verão:

Mas o que já sabemos é o quão dura será a disputa na forte conferência Oeste.

E isso "pesa" contra os Suns...

Palpites Sobe a Bola:

o   André C. Rocha - 14º do Oeste
o   Bruno Colmenero - 14º do Oeste
o   Guilherme Scardini - 14º do Oeste
o   José Alberto Jr - 14° do Oeste
o   Matheus Monteiro - 12º do Oeste 
o   Raphael Fernandes - 12º do Oeste 
o   Thiago Henrique - 12º do Oeste
o   Thiago Paixão – 12º do Oeste
o   William Barbosa -15º do Oeste

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Prévia da temporada 2018-19 - Phoenix Suns

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.