- atualizado em

Prévia da temporada 2018-19 - Portland Trail Blazers

Será que esse time do Portland Trail Blazers já chegou ao seu teto ou Damian Lillard e CJ McCollum ainda podem sonhar com algo a mais no Oeste da NBA?

Sobe a Bola vai publicar Prévias de todas as franquias da NBA para a temporada 2018-19.

Todos os dias, de segunda à sexta-feira apresentaremos uma equipe, alternando entre a Conferência Leste e a Oeste.

A ordem das postagens será baseada na classificação das equipes na temporada 2017-18.

Seguem as análises já publicadas: 

SunsHawksGrizzliesMagic, Mavs,
BullsKingsNetsLakersKnicks,
Clippers, HornetsNuggetsPistonsTimberwolves,
WizardsSpursBucksPelicansHeat,
JazzPacers, Thunder e Cavaliers.

aqui você pode conferir também nossos podcasts com os "previews".

Agora é hora de falar do Portland Trail Blazers.

Campanha na temporada 2017-18: 49 vitórias e 33 derrotas (3º no Oeste e 7º na liga)
Playoffs 2018:

  • 1a rodada: 0 x 4 vs Pelicans

Chegadas: Seth Curry (SG – DAL), Nik Staukas (SG – BKN), Anfernee Simmons (SG, draft, 24ª posição) e Gary Trent Jr (SG, draft, 37ª posição)

Saídas: Ed Davis (C – BKN), Shabazz Napier (PG – BKN) e Pat Connaughton (SF – MIL)

Renovaram: Jusuf Nurkic (C)

Agentes Livres (ainda no mercado): CJ Wilcox (SG)

Previsão de vitórias segundo a ESPN (USA): 42 (8º do Oeste)

Previsão de vitórias segundo Las Vegas: 41,5 (10º do Oeste)

Líderes 2017-18:

o   Pontos: Damian Lillard (26.9)

o   Assistências: Damian Lillard (6.6)

o   Rebotes: Jusuf Nurkic (9.0)

o   Roubos: Damian Lillard, Shabazz Napier e Al-Farouq Aminu (1.1)

o   Tocos: Jusuf Nurkic (1.4)

Elenco atual:

Portland Trail Blazers

PG

Damian Lillard

Nik Staukas

Anfernee Simons

 

SG

CJ McCollum

Seth Curry

Gary Trent Jr.

SF

Maurice Harkless

Evan Turner

Wade Baldwin IV

 

PF

Al-Farouq Aminu

Caleb Swanigan

Jake Layman

 

C

Jusuf Nurkic

Zach Collins

Meyers Leonard

 

Possíveis membros do Hall da Fama: nenhum

Possíveis All Stars em 2019: Damian Lillard

Possíveis vencedores de prêmios em 2019: nenhum

Análise:

Os Blazers vem de 5 participações seguidas nos playoffs, com 2 eliminações nas semifinais e 3 na 1ª rodada. Só que nas 2 últimas temporadas as quedas vieram em varridas, diante dos Warriors e dos Pelicans.

Então a pergunta que fica é: Será que esse time já chegou ao seu teto?

Damian Lillard é um dos jogadores mais
Damian Lillard é um dos jogadores mais "clutches" da NBA (Foto: USA Today Sports

Ou há margem para o All Star Damian Lillard conseguir algo mais com a camisa do Portland – onde ele já disse que pretende ficar, pois não tem o perfil para sair correndo atrás de títulos ao lado de outros craques

Em 2017-18 o time ficou embolado na forte concorrência do Oeste, até que Dame estourou depois do All Star Game e o time chegou à 3ª posição, superando os favoritos Thunder e Spurs. Porém, a forma como o time caiu diante do time de New Orleans coloca em dúvida, se não o potencial do excelente técnico Terry Stotts, o potencial existente no elenco.

Ora, Lillard e CJ McCollum estão inquestionavelmente entre os grandes nomes da liga e Jusuf Nurkic faz bem seu papel no garrafão.

Nurkic é o responsável pelo
Nurkic é o responsável pelo "trabalho sujo" em Portland e cumpre bem seu papel (Foto: sportsnet)

Porém, será que nomes como Mo Harkless, Evan Turner e Al-Farouq Aminu são os ideais para completar o elenco? Se não, então por que eles recebem os salários que recebem?

Nessa temporada chegam ao time Nik Staukas e Seth Curry, para tentar suprir a carência nos momentos em que CJ e Lillard estão fora da quadra – especialmente após a saída de Shabazz Napier.

Além dos, via draft chegaram outros 2 jovens para o perímetro: Anfernee Simmons e Gary Trent Jr. Eles se juntam aos jogadores de segundo ano Caleb Swanigan e Zach Collins. O crescimento de Collins, inclusive, deve ter influenciado nas saídas de Noah Vonleh na temporada passada e de Ed Davis agora.

Veja como foi o título da “molecada” de Portland na Liga de Verão em 2018, na "revanche" contra os Lakers - que os venceram na final em 2017:

É mais uma tentativa de diminuir a folha da franquia, quem sabe visando algum reforço de tempo a curto prazo.

Afinal, por mais que CJ e Dame se mostrem fieis à franquia, pode ser que chegue o momento em que eles cansem e achem que precisam “levar” seus talentos” para outro lugar.

Por hora, resta tentar se manter entre as 8 primeiras equipes do Oeste, apesar da grande concorrência...

Palpites Sobe a Bola:

o   André C. Rocha - 10º do Oeste
o   Bruno Colmenero - 7º do Oeste
o   Guilherme Scardini - 5º do Oeste
o   José Alberto Jr - 8º do Oeste
o   Matheus Monteiro - 10º do Oeste 
o   Raphael Fernandes - 7º do Oeste 
o   Thiago Henrique - 4º do Oeste
o   Thiago Paixão – 4º do Oeste
o   William Barbosa - 7º do Oeste

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Prévia da temporada 2018-19 - Portland Trail Blazers

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.