- atualizado em

Vencedores e perdedores na troca que levou Jimmy Butler para o Philadelphia 76ers

Jimmy Butler e Justin Patton em Philadelphia; Dario Saric, Robert Covington, Jerrid Bayless e uma escolha de draft em Minnesota. Quem levou a melhor?

Vencedores e perdedores na troca que levou Jimmy Butler para o Philadelphia 76ers
Fultz e Tatum acabaram em Philadelphia e Boston após troca das escolhas do draft de 2017 (Foto: Sporting News)

A grande novela do momento na temporada 2018-19 da NBA chegou ao fim e, conforme anunciado primeiramente por Adrian Wojnarowski e Zach Lowe da ESPN e por Shams Charania do The AtheticJimmy Butler agora é jogador do Philadelphia 76ers.

O ala-armador foi enviado para Phila ao lado de Justin Patton em troca de um pacote  composto por Dario Saric, Robert Covington, Jerryd Bayless e uma escolha de 2ª rodada em 2022 que foi para o Minnesota Timberwolves.

Em 10 jogos nessa temporada Butler tem médias de 21.3 pontos, 5.2 rebotes, 4.3 assistências e 2.4 roubos de bola, com 47.1% nos arremessos e 37.8% nas bolas de 3.

Já a dupla Roco e Saric vem com médias de 11.1 pontos e 6.5 rebotes (Saric) e 11.3 pontos, 5.2 rebotes e 1.8 roubos, com 39% nas bolas de 3 (Covington).

Então, quem será que se deu melhor nessa troca?

Analisamos a seguir quem foram os vencedores e perdedores do negócio que chacoalhou o final de semana na NBA.

Vencedores

Jimmy Butler tem futuro incerto em Minnesota (Foto: Getty Images - The Ringer)
Jimmy Butler enfim "conseguiu" deixar Minnesota (Foto: Getty Images - The Ringer)

Jimmy Butler

Ora, Jimmy Butler pediu para ser trocado pelos Wolves e não apenas conseguiu o que queria, como foi mandado para um time que briga pelo título do Leste - ao lado de Raptors, Celtics e Bucks.

O ex-jogador de Chicago e agora Minnesota chega para formar um "big three" de respeito com os Ben SimmonsJoel Embiid - dois jovens sedentos por vitórias e que deixaram as portas "escancaradas" para uma nova estrela na último "off season". Caso dê certo, pode formar um núcleo que pode seguir brigando por uma vaga nas Finais da NBA por alguns anos.

E mesmo se der errado, Butler mais uma vez se desentender com os jovens ao seu redor, como aconteceu nos Bulls e nos Wolves, Jimmy está no seu último ano de contrato e pode buscar novos ares no próximo verão americano.

Ou seja, não há como dizer que a troca deu errado para Butler.

Butler e o restante do elenco parecem estar em rumos opostos (Foto: Brad Rempel-USA TODAY Sports)
Butler e o restante do elenco pareciam realmente estar em rumos opostos (Foto: Brad Rempel-USA TODAY Sports)

Minnesota Timberwolves

Após recusarem várias escolhas de draft de Houston e um pacote de Miami centrado em Josh Richardson, os Wolves enfim conseguiram um negócio que julgaram atraente.

E realmente, o time conseguiu 2 jogadores jovens e promissores, que reforçam o time nos tiros longos e na defesa - 2 carências da equipe - e dão profundidade ao elenco, na troca por um All Star que não queria mais continuar em Minnesota.

O movimento não apenas tira o peso que vinha atrapalhando o clima por lá, como abre possibilidades para o futuro.

Fora que agora Andrew WigginsKarl-Anthony Towns não terão mais que conviver com o "mala" do Butler.

Só não vale alguém dizer que eles trocaram Zach LaVineLauri MarkkanenKris Dunn por Covington, Saric e Bayless. 

Philadelphia 76ers

Após não contratar LeBron James na última "off season" ou conseguir uma troca por Kawhi Leonard, enfim os Sixers tem uma 3ª estrela ao lado de Simmons e Embiid.

Esse era o principal objetivo do time no momento, sendo que Brett Brown afirmou no período em que acumulou os cargos de técnico e GM que eles estavam na "caçada por uma estrela".

E Butler é um jogador que não apenas tem números que fazem dele um All Star, como tem um perfil de liderança que não deve gerar conflitos com Simmons e Embiid. O camisa 23 é um defensor de elite e segue se aperfeiçoando no ataque, estando nessa temporada com seu melhor aproveitamento na carreira em bolas de 3 (37.8%).

Resta saber como vai ser no momento em que o time der seus tropeços... Será que teremos treta por lá também? 

De qualquer forma, podemos dizer que estamos enfim presenciado o fim d'O Processo em Philadelphia, na primeira movimentação feita pelo novo GM Elton Brand. Principalmente se houver um comprometimento de Butler em renovar com o time após essa temporada.

Fultz, Simmons e Embiid, os
Fultz, Simmons e Embiid, os "frutos" do "Processo" (Foto: Philadelphia Magazine)

Jel Embiid e Ben Simmons

Embiid está em sua 3ª temporada na liga e Simmons apenas na 2ª, e ambos já estão entre os grandes nomes dessa NBA atual.

Porém, os "moleques" precisavam de alguém mais cascudo ao seu lado.

Alguém que pudesse colocar a bola "debaixo do braço" quando algo desse errado e assumisse a responsabilidade. Tanto que ambos tentaram convencer LeBron e Kawhi a irem pra Phila.

"Temos uma mentalidade bem parecida: odiamos derrotas e queremos ganhar sempre". (Simmons, sobre ele, Embiid e Butler)

E Jimmy Butler tem exatamente esse perfil.

Tanto que Simmons comemorou a chegada do novo companheiro:

“Eu estou empolgado com a garra, empenho e a forma como Jimmy se dedica nos treinos. Dizem que ele possui uma atitude agressiva e vencedora. É sempre triste ver alguns de nossos colegas irem embora, mas confesso que mal posso esperar para tê-lo aqui conosco e tenho boas expectativas para atuar ao seu lado”, disse o camisa 25.

“Eu, Joel e Jimmy temos uma mentalidade bem parecida: odiamos derrotas e queremos ganhar sempre que entramos em quadra. Então nós estamos muito animados para recebê-lo e temos certeza de que vai se encaixar aqui”, concluiu.

Tom Thibodeau e Jimmy Butler na apresentação do ex-jogador dos Bulls (Foto: nba.com)
Tom Thibodeau e Jimmy Butler na apresentação do ex-jogador dos Bulls (Foto: nba.com)

Tom Thibodeau (treinador)

Bem, se Thibs perdeu o craque do seu time e um jogador que ele ajudou a "formar" na NBA, pelo menos conseguiu melhorar seu elenco e não terá mais que lidar com os problemas de relacionamento que tanto vinham atrapalhando os Wolves.

E Covington e Saric tem a defesa que tanto agrada ao técnico, além de melhorar as bolas de 3 - algo que o time precisa há tempos. 

Perdedores

TJ Mcconnell e Robert Covington em jogo dos Sixers (Foto: AP Photo)
TJ Mcconnell e Robert Covington em jogo dos Sixers (Foto: AP Photo)

Robert Covington e Dario Saric

Sem maiores polêmicas...

Mas os 2 jovens deixam um time que poderia chegar às Finais da NBA e vão para um que vai precisar se reconstruir, ainda que com um elenco mais profundo - tanto na rotação, quanto nas alternativas de jogo.

Ou seja, pode até ser que Covington e Saric possam melhorar seus números, como aconteceu com Victor Oladipo e Domantas Sabonis em Indiana, mas a curto (e quem sabe médio) prazo, ambos passam a ter menores expectativas de vitória em suas carreiras.

Clippers, Nets, Knicks, Heat e Rockets

Esses foram os times indicados por Butler como seus destinos preferidos ou que se interessaram em sua contratação.

Porém, ou eles não fizeram propostas concretas - talvez apostando na próxima "free agency" ou não conseguiram agradar os Wolves com suas propostas.

E agora correm o risco de a aposta dos 76ers dar certo e ficarem sem Jimmy B., o que já os torna perdedores nesse momento.

Tom Thibodeau (cartola)

Apesar dos benefícios que pode ter à beira da quadra, Thibs sai enfraquecido como Presidente de Operações dos Wolves.

Afinal, ele não queria trocar Butler e falhou tanto em convencer seu "pupilo" a ficar, quanto em convencer o dono do time a tentar mantê-lo, tendo sido até "desautorizado" nesse processo.

Resta saber até quando ele vai continuar acumulando os cargos, ou mesmo continuar em Minnesota.

Ben Simmons e Markelle Fultz vibram após a vitória (Foto: The Sixer Sense)
Ben Simmons e Markelle Fultz vibram após triplo duplo do camisa 20 (Foto: The Sixer Sense)

Markelle Fultz

Fultz foi a primeira escolha do draft de 2017 e até o momento tem sido apontado como mais uma decepção na lista de jogadores que não "vingaram" na NBA ("bust").

O jogador sofreu com uma lesão do ombro e ainda teve que lidar com questões psicológicas - chegou a "desaprender" como arremessar.

Com a chegada de Butler ele não apenas tem mais um concorrente de peso pelos minutos na rotação e por ter a bola nas mãos, mas também tem alguém que pode "gritar na sua orelha" no caso de um desses apagões.

Então a pergunta aqui é: Como Fultz lidará com a pressão que Butler trás ao time?

Isso só o tempo dirá... 

Philadelphia 76ers (???) 

Aqui as interrogações fazem muito sentido...

Já listamos os pontos positivos para Philadelphia lá em cima, mas temos também muitas dúvidas para as quais as respostas ainda virão com o tempo.

1) Como o time fará para suprir as bolas de 3 de Covington e Saric - ainda mais considerando que para essa temporada eles já haviam perdido Marco Belinelli e Ersan Ilyasova? Será que vão buscar mais alguém no mercado? 

Só o tempo dirá.

Mas...

Nicky Young deve estar "babando" por essa oportunidade...

2) Quem ocupará o espaço na rotação da posição 4 no lugar do Saric? Simmons será "deslocado" pra lá?

Simmons na 4 é uma possibilidade real.

Afinal, Mike Muscala, Wilson Chandler ou Amir Johnson não parecem ser as melhores opções para suprir a ausência do croata.

Não dava pra ter incluído pelo menos Taj Gibson no negócio?

E pensar que na "off season" Philadelphia chegou a acertar com Nemanja Bjelica, que preferiu ir para Sacramento.

3) Será que a franquia pagou muito caro para correr o risco de ter apenas um "aluguel" de Butler?

Aí a aposta deles é na renovação do ala-armador, tendo assumido um risco igual ao do Thunder com Paul George na temporada passada (valeu a pena) e dos Raptors com Kawhi nessa temporada (???).

Resta saber o que vai acontecer lá em junho...

4) Será que Jimmy pode "criar problemas" também em Philadelphia?

Sobre isso, Embiid falou sobre como pretende agir ao lado de Butler:

"Eu vou ser Joel Embiid. Eu vou ser dominante". (Embiid sobre mudar seu estilo ao lado de Butler)

"Eu vou ser eu mesmo", disse o camaronês. "Eu vou ser Joel Embiid. Eu vou ser dominante. Ocasionalmente, quando os caras do outro time partirem para o "trash talk", eu vou estar lá dizendo as mesmas coisas e usando as redes sociais. Esse sou eu e nada vai mudar".

"Se é benéfico para mim e para a equipe, então não há problema", acrescentou o pivô. "Mas se é algo que eu acho que não vai ser bom para a franquia, então está tudo bem. Todo mundo sabe que eu falo o que eu quero, o que vem à minha mente. Eu não tenho nenhum problema em fazer isso. Mas estou animado em tê-lo aqui. Acho que podemos construir algo especial. Estou animado para jogar e ter alguém para nos ajudar. Espero que cheguemos à final e tenhamos uma chance título", finalizou o camisa 21.

Tomara, para o bem dos Sixers, que realmente tudo corra bem por lá...

5) E se ao invés de Fultz os Sixers tivessem Jayson Tatum?

Essa pergunta é quase que uma provocação, apenas para lembrar que o time de Philadelphia subiu no draft de 2017 para selecionar Fultz na 1ª posição, enquanto os Celtics levaram Jayson Tatum em 3º.

Fultz e Tatum acabaram em Philadelphia e Boston após troca das escolhas do draft de 2017 (Foto: Sporting News)
Fultz e Tatum acabaram em Philadelphia e Boston após troca das escolhas do draft de 2017 (Foto: Sporting News)

E agora?

Onde se coloca esse novo Sixers frente a Raptors, Celtics e Bucks na briga pelo topo desse novo Leste sem LeBron James?

E esse novo Wolves com Jeff Teague, Wiggins, Covington, Saric e Towns como titulares e Derrick Rose como 6º Homem pode chegar aos playoffs do Oeste?

Isso só o tempo dirá...

Mas que a movimentação tem tudo para dar uma chacoalhada na NBA, ah, isso é inegável!

#Entre4Linhas

#ILoveThisGame

Curta: EntreQuatroLinhas

E ouça nossos podcasts aqui!!!

Veja Também:

Artigos Relacionados

Sobre o Autor:

André C. Rocha

André C. Rocha

Apaixonado pela NBA desde que viu o Dream Team em 92, torcedor do Bulls e defensor da tese de que "73 não vale nada sem um título". Autor dos perfis Entrequatrolinhas no FB (facebook.com/entrequatrolinhas) e TWT (twitter.com/andre_c_rocha).

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Vencedores e perdedores na troca que levou Jimmy Butler para o Philadelphia 76ers

Enviando Comentário Fechar :/

©2015 - 2018 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.