Sobre o Autor:

Raphael Fernandes

Raphael Fernandes

Apaixonado por esportes e principalmente pelo espetáculo que é a NBA. Admirador do profissionalismo dos jogadores e das equipes. Comecei a gostar de basquete e da NBA pelo Miami Heat e Dwayne Wade.

Após 25 jogos disputados para a maioria das equipes, quem são os principais jogadores da temporada?

Ainda muito longe do fim da temporada, mas sempre um assunto que divide opiniões

POR Raphael Fernandes dia
Após 25 jogos disputados para a maioria das equipes, quem são os principais jogadores da temporada?
Luka Doncic encara a marcação de LeBron James (Foto: Getty/Juan Ocampo/NBAE)

Com todas as equipes tendo completado em média 25 jogos na temporada, quem são até o momento os vencedores dos principais prêmios da NBA

Ainda é muito cedo para saber quem vencerá, mas é possível fazer um prognóstico de quem deve estar na corrida até o final.

MVP - Most Valuable Player (Jogador mais valioso)

  • LeBron James - ao falar de MVP não tem como não lembrar de LeBron James. Nessa temporada, LeBron vem liderando o Los Angeles Lakers em quase todos os quesitos, ajudando a franquia a ter uma campanha positiva depois de muitos anos, além de estar na zona de classificação aos playoffs.

Também merecem destaque: Stephen Curry, Kevin Durant, Kawhi Leonard, Giannis Antetokounmpo, Anthony Davis, Kemba Walker e Joel Embiid.

ROTY - Rookie of the Year (Novato do ano)

  • Luka Doncic - o calouro do Dallas Mavericks vem tendo uma temporada de veterano. Sua chegada é uma das principais razões para a evolução da franquia texana, que hoje em dia se encontra na oitava posição da conferência oeste. Acho que algumas devem estar arrependidas de deixar o jovem cair no colo dos Mavericks.

Também merecem destaque: Trae Young, Deandre Ayton, Jaren Jackson Junior, Collin Sexton, Wendell CarterShai Gilgeous-Alexander.

MIP - Most Improved Player (Jogador que mais evoluiu)

  • Zach LaVine - apesar da péssima campanha do Chicago Bulls, o ala-armador vem sendo destaque na equipe de Illinois. Aumentou em quase oito pontos sua média de pontuação e evoluiu em todas as outras áreas do jogo.

Também merecem destaque: Josh Richardson, Tim Hardaway Junior, Montrezl Harrell, Buddy Hield, Caris LeVertD'Angelo Russell e Pascal Siakam.

6th Man of the Year (Melhor jogador vindo do banco)

  • Derrick Rose - se oito anos atrás me falassem que Derrick Rose estaria disputando o prêmio de melhor reserva ainda com 30 anos eu não acreditaria. Mas se olharmos tudo aconteceu nesse intervalo de tempo, é reconfortante ver como o D-Rose voltou a jogar bem

Também merecem destaque: Dwyane Wade, Dennis Schroder, Jordan Clarkson e Domantas Sabonis.

DPOY - Defensive Player of the Year (Melhor jogador defensivo)

Também merecem destaque: Anthony Davis, Paul GeorgeAndre Drummond e Kawhi Leonard.

COY - Coach of the Year (Melhor técnico)

  • Michael Malone - desde a última a temporada que o Denver Nuggets é um das surpresas da conferência oeste, e nesse ano a franquia se coloca na terceira posição do lado oeste se mostrando como uma das principais forças.

Também merecem destaque: Billy Donovan, Doc Rivers, Nick Nurse e Mike Budenholzer.

Derrick Rose relembra a NBA do que é capaz

Depois várias contusões e muito trabalho, Derrick Rose volta a um patamar que nunca deveria ter saído

POR Raphael Fernandes dia
Derrick Rose relembra a NBA do que é capaz
Derrick Rose deixa a quadra muito emocionado (Foto: David Sherman/NBAE/Getty Images)

Derrick Rose, armador escolhido no draft de 2008 pelo Chicago Bulls, Rookie of the year e o MVP mais jovem que a NBA já viu. Essas são algumas da conquistas que Rose coleciona na liga, mas quem o vê hoje em dia, não acredita que esse mesmo jogador foi capaz de tudo isso no passado. 

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Derrick Rose EMOCIONOU quem ama basquete! MVP pra sempre! #AllEyesNorth

Uma publicação compartilhada por NBA Brasil (@nbabrasil) em

Tudo indicava que Rose seria um dos maiores jogadores da história da NBA, mas em 2012 esse caminho foi interrompido. Nesse ano D-Rose conheceu sua primeira lesão no joelho, uma ruptura do ligamento cruzado anterior. Só por essa contusão sua carreira já seria consideravelmente afetada, mas como se isso fosse pouco, o esporte mostrou seu lado mais obscuro. Em 2013 e 2015, o armador sofreu mais duas lesões: ruptura do menisco.

Ele se recuperou, trabalhou forte e conseguiu voltar a jogar, porém não era a metade do jogador que vimos no início de carreira. Constantemente assombrado por seu histórico de lesões, Derrick foi ficando cada vez mais distante do que as pessoas projetavam para ele. 

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

2009: ROY 2011: Youngest MVP 2012: Tears ACL 2013: Tears Meniscus 2015: Tears Meniscus again 2018: Career-high 50 points

Uma publicação compartilhada por Bleacher Report (@bleacherreport) em

Após sair de Chicago, passou por vários times, como New York Knicks, Cleveland Cavaliers, Utah Jazz, até chegar no Minnesota Timberwolves. Em Minnesota reencontrou alguns rostos conhecidos de sua grande fase: Jimmy Butler, Taj Gibson e Tom Thibodeau.

Todo esse caminho nos leva à noite de ontem. Uma noite mágica. Uma noite em que jogadores, torcedores e todos do mundo dos esportes puderam relembrar e apreciar aquilo que em uma época seria apenas mais um dia normal para Derrick Rose. 50 pontos! 50 pontos, a maior marca da carreira para todos aqueles que duvidam de sua capacidade e para quem o aprecia. 

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Derrick Rose had the T-Wolves locker room lit after dropping 50. (via @22wiggins, @jeffteague, @callme_nonstop, @jnunn21)

Uma publicação compartilhada por House of Highlights (@houseofhighlights) em

Quem está começando acompanhar NBA, quem está começando a acompanhar basquete, talvez não entenda o que representa o jogo de ontem. Representa mais que uma vitória, representa uma justiça com quem muito já se sacrificou pelo esporte.

Há um ano atrás, Rose chegou a cogitar a aposentadoria, não aguentava mais lidar com as diversas contusões, seu corpo e sua mente precisavam de um tempo. 

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

"Mama, there goes that man!" Don't jump with D-Rose! #TBT

Uma publicação compartilhada por @ nbatv em

Muitos já se esqueceram do que ele foi capaz, mas ontem ele fez questão de relembrar cada um de nós. Independente de qual time você torce ou de qual time você não goste, D-Rose está acima disso. Você não torce por ele pelo time, mas sim pela história. 

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

D.Rose tallies a CAREER-HIGH 50 PTS in the @timberwolves victory! #AllEyesNorth

Uma publicação compartilhada por NBA (@nba) em

Todo esforço e todo trabalho são recompensados, e ontem a recompensa veio de 50 formas diferentes.

Ao mesmo tempo em que o esporte tem seus lados negativos, ele também nos proporciona momentos como esse. Se você não acredita em reviravoltas, esse cara te deu 50 motivos para acreditar. Obrigado Derrick Rose, continue motivando à todos nós.  

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por @ nbatv em

©2015 - 2019 Sobe a Bola - Todos os direitos reservados.